quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O MENINO E O VIRA-LATA


Meu pai era pintor de faixas e meu irmão Luiz sempre o acompanhava para ajudar. Ele devia ter uns seis, sete anos e estava brincando com um vira-latas perto de onde meu pai trabalhava. Ele estava em cima da escada e meu irmão brincava com o cãozinho. Corriam de cá para lá e de lá para cá. Brincaram muito tempo assim, de repente meu irmão chamou pelo meu pai:
_ Pai! o Cãozinho não quer mais brincar de correr comigo! Está lá sentado sentado quietinho com a língua de fora...
_ Lógico né Luizinho! Está cansado! Vocês correram muito por aí... Descanse um pouco e depois vocês brincam de novo!
_ Não pai! Quero brincar agora! Faz o cãozinho brincar comigo! Faz pai!
_ Estou ocupado meu filho! Quero terminar logo o serviço pra gente ir logo para casa!
_ Ah pai! Só um pouquinho! Desce daí e faz o cãozinho brincar comigo!
_ Luizinho! O pobre do bichinho está cansado! Deixa ele descansar um pouco. Descanse você também. E logo vocês estarão correndo por aí de novo... Estou quase acabando com essas faixas aqui. Logo vamos para casa!
Meu irmão acabou por obedecer a meu pai. Descansou ao lado do cãozinho, até esse levantar de novo e começar a abanar o rabinho, querendo festa de novo... E lá foram os dois de novo, brincando de pega-pega.
Meu pai em cima da escada apenas sorria...

4 comentários:

Sandra disse...

Mylla!
Não me lembro de meu pai brincar com agente, quando pequenas. Acho pelo fato dele ter perdido seu pai ainda pequeno(com 2anos), não soube brincaer conosco.
Mas é um belo texto e uma linda reflexão.
Ah! seu blog está bem lindo. Gostei.
Tem um coração no blog uma interação de amigos te esperando. e Também um abraço.
Passe lá. Te espero minha linda.

Com carinho
Sandra

Eduardo P.L disse...

Lembranças de criança merece mesmo ter um blog! Fica um arquivo das melhores fazes de nossas vidas! Embora, não soubessemos!
Parabéns pela iniciativa! Já sou seu seguidor!
Bom fim de semana!

Elaine disse...

Olá!
Que estória mais meiga!
Seu pai deve ter sido muito importante em sua infância, né?
Beijos.

Carlos Roberto Torres (Tico) disse...

Vc sumiu semana passada da net. Adorei mais esse texto. Gosto do seu estilo. Visite o meu blog. sempre estou colocando fotos lá. abração